Drones no reflorestamento com pistola de semente

Muito se fala em drone na sociedade para uso como combate a epidemia como dengue, para uso de salvas vidas em orlas litorâneas, em filmagem, segurança patrimonial de propriedades públicas e fronteias, em agricultura para pulverização e mapeamento e outros porem como o avanço global não para o Mercadrone descobriu que a alguns anos uma start-up trabalha em um projeto fenomenal, REFLORESTAMENTO.

Que tal plantar 1 bilhão de Sementes em um ano com um drone ?planta-biocarbon

Os seres humanos não são bons para as reflorestamento, nós derrubar 26 mil milhões de árvores por ano em nome de mineração, agricultura, expansão urbana e outras atividades e necessidades para o avanço. Mas uma start-up teve uma ideia de como reflorestar de forma rápida e autônoma usando um DRONE, equipado com um revolver de pressão que é abastecido com semente. Enquanto armas matam milhares de pessoas ao redor do mundo essa simplesmente planta !
O projeto é conduzido pele engenheira Susan Grahams da Biocarbon Engineering.

Susan Graham VP Engineering
Susan Graham VP Engineering

“Estamos trabalhando para combater o desmatamento em escala industrial com o reflorestamento em escala industrial”, diz Susan Grahams, BioCarbon Engenharia.

“A empresa planeja já nos primeiros testes realizados ter potencial  de plantarem cerca de 36.000 sementes de arvores por dia com capacidade de 10 sementes  por minuto”, relata Grist.  Isso significa cerca de 1 bilhão por ano.”

Mas a solução para nossos problemas florestais pode não ser tão simples, diz Grist Liz  O centro de estudo do projeto é cético, destacando que o plantio de 1 bilhão de sementes não significa que você ganha 1 bilhão de árvores.  Ela escreve, replantio não desfaz o dano considerável que o desmatamento faz para o solo pois as florestas renasce não têm a mesma biodiversidade, por exemplo.

Há outra razão pela qual uma parte da população pode não gostar da idéia do drone: No Canadá, o trabalho árduo de reflorestamento norte de Ontário e British Columbia à mão-de-obra serve como uma fonte muito necessária de emprego para os classe. Os drones podem custar apenas 15 por cento do custo do método de plantação tradicionais por isso é fácil ver como as máquinas poderiam assumir mais um trabalho. O plantio de árvores com a mão-de-obra convencional é um trabalho duro e pode demorar até dois meses de trabalho humanos para plantar 100.000 árvores  trabalhando durante todos os dias com grande margem de erros sem contar com o mau tempo. Em contrapartida, um par de pessoas que operam drones poderia plantar mais de 100.000 árvores em uma única semana.

Atualmente os trabalhadores só replantam 15 bilhões de árvores todos os anos deixando um déficit de mais de 11 bilhões de árvores. Então a diferença pode ser muito maior levando em consideração os riscos que venham acontecer em comparação com os drones.

Assista a primeira apresentação do projeto.

Site oficial do projeto http://www.biocarbonengineering.com/

 

 

Fonte: BioCarbon Engineering
Smartnews
http://www.smithsonianmag.com/

 

Share

4 comentários em “Drones no reflorestamento com pistola de semente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *