VIDEO: Drone para transporte de pessoas totalmente automático

Agora já é real o primeiro DRONE a transportar de forma automática uma pessoa.

O Mercadrone busca novidade em todo o mundo sobre tecnologia e principalmente de drone e dessa vez descobrimos um projeto sensacional de uma empresa em Israel.

Você pode ter ouvido falar dos “Os Flintstones”, então esse mundo esta bem próximo do que imaginamos.

Sonhamos com um futuro em que o erro humano será eliminado pela precisão dos computadores. Com meios de transporte que se guiam sozinhos, os seus passageiros podem descansar ou trabalhar enquanto estão presos no trânsito. Se você está imaginando carros ou trens, não está errado, mas também não foi muito criativo. O veículo do futuro com piloto automático é o drone.

A empresa israelita tactical Robotics quer levar o autopiloto para os céus com o drone Cormorant UAV, inicialmente chamado de AirMule, um protótipo autônomo que pousa e decola verticalmente e é capaz de levar passageiros e carga. O drone realizou no início do último mês de novembro seu primeiro teste de forma totalmente automática, seguindo uma rota planejada pelos engenheiros.

“Ao contrário de todas as outras naves (com pilotos ou não), o piloto automático do Cormorant depende inteiramente de referências do solo e de inércia, o que é mais complexo do que voar em um espaço sem obtáculos. Esse evento pioneiro da indústria começa a demonstrar a capacidade do Cormorant em operar perto do solo e em terrenos obstruídos, em ambientes até agora inacessíveis para naves existentes”, diz uma nota publicada pela empresa.

“Esse voo pavimenta o caminho para a evolução imediata do Cormorant de um protótipo para a produção e comercialização dessa tecnologia inovadora”, afirma o fundador da empresa, Rafi Yoeli.

Depois do primeiro teste de sucesso, os próximos passos serão suavizar as transições entre diferentes modos de voo, como decolagem, subida, aceleração, cruzeiro, desaceleração, descida, curvas e pouso. Outras características que devem ser melhoradas são a velocidade e capacidade de manobra.

Características técnicas do Drone:

Do tamanho de um carro grande, o drone foi desenvolvido depois de 15 anos de estudos e muito trabalho. Ele pesa 1.500kg, é capaz de transportar 500kg de carga e viaja a 185km/h. Ele deve começar a ser vendido em 2020, por cerca de US$14 milhões.

Ao invés de utilizar propulsores de helicóptero, ele tem rotores internos. Yoeli diz que por isso ele é mais seguro que um helicóptero e pode voar entre prédios e perto de fios elétricos sem o risco de se prender neles. Por isso, segundo ele, é o veículo ideal para evacuações militares.

Os dados utilizados pelo drone vêm de numerosos sensores, incluindo dois lasers de altitude, um radar de altitude, sensores de inércia e câmeras eletro-opticas. Com base nesses dados, o Sistema de Gerenciamento de Voo deve “julgar” qualquer dado incorreto e tomar uma decisão em poucos segundos se deve continuar a missão, retornar para o ponto de partida ou realizar um pouso de emergência.

No vídeo divulgado, é possível notar três momentos em que o Sistema de Gerenciamento de Voo realizou correções nas manobras. Duas deles estavam relacionadas com a altura em relação ao campo, e a terceira foi causada por um “julgamento ruim” do Sistema, que fez com que a nave descesse muito cedo na aproximação com o solo.

Com 39 patentes registradas durante o desenvolvimento do veículo, a empresa não está nem um pouco preocupada em ter sua tecnologia copiada pela concorrência.


 

Conheça o maior site de drone www.mercadrone.com.br

 

FONTE http://www.hypescience.com/

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *