Drones estão nos dando imagens próximas de erupções vulcânicas nunca antes vistas

Não é apenas o calor intenso que torna difícil para os pesquisadores estudarem de perto um vulcão ativo. Também existe a grande gama de gases tóxicos que são bem desagradáveis de inalar. Porém, atrás dos controles de um drone repleto de sensores, os cientistas da Universidade de Cambridge conseguiram incríveis tomadas de perto de erupções guatemaltecas.

Usando um UAV customizado de asa fixa (essencialmente um avião controlado por rádio) os cientistas conseguiram voar sobre o pico do Volcán de Fuego e do Volcán de Pacaya na guatemala, permitindo a eles pegar amostras e documentar as emissões que de outra forma não seriam detectadas. No futuro, a pesquisa pode ser usada para monitorar melhor os vulcões e prever erupções, dando ao povo local mais tempo de ir para um lugar seguro e evitar desastres.

 

 

 

 

Fonte: www.ariquemesonline.com.br

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *