João Dória diz que usará drones para monitorar a região da Cracolândia

Mais uma vez o drone a serviço do desenvolvimento da segurança pública.

O Prefeito de São Paulo, João Dória, afirmou que usará drones para monitorar a região da Cracolândia. Nesta terça-feira (6/5), durante uma palestra no congresso da Federação Brasileira de Bancos, Dória afirmou que a utilização dos drones irá facilitar a identificação dos traficantes e fazer intervenções mais precisas. Desde que ele tomou posse na Prefeitura de São Paulo, a região que concentra traficantes e usuários de drogas voltou a chamar atenção devido às inúmeras tentativas de desocupação da área, porém até então nada foi resolvido.

Depois de diversas manobras, agora a tentativa de solucionar o problema social da Cracolândia não está mais em terra. Dória revelou que está utilizando drones com vigilância monitorada 24h para obter imagens mais precisas. “Hoje já temos cinco drones de altíssima tecnologia que estão vigiando toda a área central da cidade, inclusive a Praça Princesa Isabel onde há concentração de traficantes que subjugam aqueles que são usuários de drogas.”

A Cracolândia é um problema que se estende há anos em São Paulo. Em maio deste ano, operações policiais foram realizadas com a tentativa de desmantelar o tráfico e consumo de drogas no local. Dória chegou a afirmar que a Cracolândia havia acabado e que, nem a prefeitura, nem o governo do estado, permitiria o retorno do consumo de drogas no local, mas o grupo que estava concentrado na região da Estação da Luz se dispersou e agora ocupa outros 10 locais do centro de São Paulo. Destes 10 grupos, o maior está localizado na Praça Princesa Isabel.

O tucano não tem medido esforços para atropelar os direitos dos moradores da área. Recentemente, a prefeitura de São Paulo entrou com uma ação judicial solicitando autorização para realizar remoções compulsórias de usuários de crack, mas teve o pedido negado. Também foram realizadas demolições no centro da cidade, interditando estabelecimentos residenciais em tempo recorde, o que resultou no desabamento da parede de uma pensão onde ainda estavam moradores e hóspedes. Uma pessoa ficou ferida.

João Dória afirmou, ainda, que o PT e o grupo de esquerda não irá impedi-lo de continuar seu trabalho: “Vou usar sim toda a minha força. Eleito Prefeito de São Paulo no primeiro turno, com 53% dos votos, continuo na função pública de agir em função das boas causas e não há ninguém que vá me emparedar, me colocar com medo e me acovardar para não defender as causas que são necessárias”, finalizou Dória.

 

Visite www.mercadrone.com.br

 

Fonte: Site Correio Braziliense

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *