Campus Party Bahia mais um belo evento de DRONES

Campeonato nos ares marcou a Arena Fonte Nova
Taiane Nazaré* (redacao@portalibahia.com.br)

É um pássaro? É um avião? Na Campus Party Bahia, o Super-Homem perdeu espaço para os drones. Os VANTS, Veículos Leves Não Tripulados, como são chamados, foram uma das atrações da Open Campus com o Campeonato Brasileiro de Drones.

Pilotos profissionais disputaram o torneio com provas que precisavam colocar os drones em voos com obstáculos. No Brasil, ainda não há empresas que fabricam os veículos. “Quase noventa por cento dos competidores constroem seus próprios drones comprando as peças pela internet”, diz Carlos Candido, da Mirante Lab, uma startup brasileira que trabalha com a tecnologia de drones e design de brinquedos.

geronimo_souza
Gerônimo Souza trocou o aeromodelismo pelos drones. Foto: Taiane Nazaré

Em todo o mundo, depois que o drone saiu da esfera militar, o barateamento das peças e equipamentos facilitaram a expansão do mercado. E, está muito enganado quem acha que só os profissionais da área de engenharia podem construir seus drones. “Tenho colegas que exercem atividades que não tem relação com a engenharia, mas são apaixonados pelo esporte”, diz Gerônimo Souza, piloto profissional que se apaixonou pelos drones após praticar por anos o aeromodelismo. “Diferente dos helicópteros e aviões, pilotar um drone é como se eu estivesse voando”, comenta.

Um veículo para diversas funções

Durante os quatro dias de Campus Party, a programação apresentou várias palestras sobre a utilização de drones no Brasil. “Podemos usar o drones para exercer diversas funções na sociedade. Na agricultura, por exemplo, existem veículos usados para identificar pragas ou problemas na plantação”, como explica Ana Paula Gomes de Matos, estudante do curso de engenharia eletrônica na Universidade de Brasília, durante a conferência A Era dos Drones, que aconteceu no Palco Ciência e Inovação, na última quinta-feira(10).maxresdefault

O MERCADRONE parabeniza mais um belo evento organizado pela MIRANT LAB e seus organizadores Carlos Candido e Guilherme Kominami.

*repórter colaborador do Ibahia para a Campus Party.

 

Fonte: http://www.ibahia.com

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *