Karma ou Phantom 3? Veja se drone da GoPro é melhor que modelo da DJI

Karma e Phantom 3 são drones que prometem voar alto e gravar vídeos em 4K. Enquanto o mais novo, lançado pela GoPro, utiliza uma das novas Hero5, o modelo da DJI tem como um dos pontos fortes a popularidade da fabricante no mercado de quadricópteros. Com preços semelhantes e especificações também próximas, os dois aparelhos prometem qualidade, mas qual será o melhor?

Testamos a Hero5 Black, nova GoPro à prova d’água e com comando de voz

A seguir, confira o comparativo e descubra qual drone se sai melhor nas categoriais câmera, velocidade, alcance e autonomia. Além disso, veja o preço do Karma , da GoPro, e do Phantom 3 Professional, da DJI.

img_0309_copy

Velocidade: Empate

A vantagem é pequena, mas ainda assim a vitória é do Phantom 3 Professional na categoria velocidade. O drone da DJI pode acelerar até 57 km/h, de acordo com a fabricante. Por outro lado, o Karma, da GoPro, chega a 56 km/h.

A diferença é tão pouca que deve ser difícil observá-la no mundo real. Variações de temperatura e intensidade do vento podem interferir na velocidade máxima de voo de qualquer um dos drones e, em virtude disso, escolher ou o Phantom 3 ou o Karma em função da velocidade de ambos acaba não sendo uma aposta sensata.

Alcance: DJI Phantom 3

Se a velocidade é similar entre os dois, a coisa muda de figura quando se trata da área de cobertura. O Phantom 3 Professional tem um controle remoto que pode atingir um raio de cobertura de até 5 quilômetros de distância, desde que o sinal possa viajar do drone ao controle desobstruído.

Nesse sentido, a especificação do modelo da GoPro é bem mais modesta. O novo quadricóptero da fabricante de câmeras de ação é desenvolvido para operar em um raio de apenas 1 quilômetro de distância do controle.

Isso significa que o drone da DJI pode cobrir uma área maior de voo, facilitando especificamente a realização de imagens de cobertura de uma área mais ampla.

dji_phantom_3_professional

Autonomia de voo: DJI Phantom 3

Segundo a DJI, o Phantom 3 Professional pode operar por até 23 minutos com uma carga de bateria, ainda que o valor seja considerado uma aproximação. No caso da GoPro, a garantia de autonomia do Karma é de 20 minutos.

A diferença de três minutos, ao menos nas especificações técnicas oficiais dos fabricantes, não deve ser ignorada. A janela pode ser suficiente para reconduzir o drone e pousá-lo com segurança depois de um voo mais prolongado.

Design: GoPro Karma

Um ponto forte no design dos dois aparelhos é a facilidade para desmontar e dobrar os drones, o que ajuda quem quer guardar os modelos em uma mochila, por exemplo, para transportar com facilidade.

img_0318_copy

O Karma, no entanto, é mais leve, com apenas 1 kg. Além disso, a case de proteção do equipamento é mais compacta se comparada com a do Phantom 3 Professional, que pesa 1,2 kg.

Em relação às cores dos drones, o modelo da DJI é vendido na cor branca com detalhes em dourado. Já o aparelho da GoPro promete combinar com o design das action cams, com o preto fosco e detalhes em branco.

Recursos extras: GoPro Karma

Uma função interessante do Karma, criada para tornar o quadricóptero mais amigável e menos profissional é o fato de que seus amigos podem acompanhar as manobras do drone via aplicativo. Assim, o modelo oferece como se fosse uma viagem a bordo do drone, que também pode ter as tarefas controladas de forma separada: enquanto uma pessoa pilota com o controle remoto, outra comanda a posição, ângulo e comportamento da câmera no app.

E por falar em controle, o equipamento da GoPro também conta com um modo de simulador de voo, criado para iniciantes treinarem sem precisar tirar o Karma do estojo. O recurso permite aprender a controlar o drone, aumentando sua habilidade e reduzindo os riscos de acidente.

img_0316_copy

No caso do Phantom 3 Professional há uma função para automatizar o voo do drone em direção ao controlador via leitura de GPS, sensor também disponível no modelo da GoPro para deixar o robô planando sobre um ponto por determinada quantidade de tempo.

No geral, o Karma leva a vitória nesse quesito porque possui recursos desenvolvidos com a intenção de torná-lo mais amigável ao usuário, especialmente para os iniciantes.

Câmera: GoPro Karma

O Karma é compatível com as novas câmeras GoPro Hero5 Black e GoPro Hero5 Session, que são à prova d’água e oferecem gravação de vídeo em 4K a 30 quadros por segundo, ou Full HD (1080p) a 120 quadros. Os aparelhos ainda oferecem controles por voz e microfones de alta qualidade, além de uma tela touchscreen na versão Black.

Já no caso da câmera do Phantom 3 Professional, a popularidade já fica para trás por não ser uma GoPro, mas mesmo assim promete oferecer um bom desempenho. O sensor é de 12 megapixels, com gravação 4K em 30 quadros por segundo e Full HD a 60 quadros.

Neste quesito, voltado para quem quer fazer imagens aéreas com o drone, a câmera do quadricóptero da GoPro pode ser mais avançada. A action cam, independente de qual for o novo modelo acoplado, é equipada com uma série de recursos que complementam o uso do equipamento em outras situações, já que é possível remover a máquina para utilizá-la como uma câmera de ação comum.

camera_4k_dji_phantom_3

Preço: DJI Phantom 3

A discussão de preço dos dois drones é um pouco complicada pois o Phantom 3 Professional tem mais tempo de mercado e pode ser encontrado no Brasil por preços que giram na casa dos R$ 6.700. Em importadoras independentes é possível encontrar o aparelho por valores mais acessíveis.

No caso do Karma, o drone foi anunciado em três pacotes. No primeiro, o consumidor leva para casa apenas o robô, sem uma câmera, por US$ 799 (cerca de R$ 2.620). Caso queira o equipamento funcionando com uma Hero5 Black, o preço é de US$ 1.099 (R$ 3.600) e com a Hero5 Session o valor cai para US$ 999 (R$ 3.300).

Apesar de parecer tentador na conversão direta, o preço real do Karma, da GoPro, só deve ser revelado em 2017. Em virtude dessa situação, a base mais justa é levar em conta os preços no mercado internacional. Nos Estados Unidos, o Phantom 3 Professional é vendido por US$ 999 (R$ 3.270), preço que contempla o pacote com câmera 4K e que é mais barato que o praticado no Karma com a nova versão Black.

Conclusão

O DJI Phantom 3 Professional possui maior alcance de voo e autonomia. Já o drone da GoPro, o Karma, vence na categoria câmera, com as novas Hero5, e nos recursos extras e design. A velocidade, com 57 km/h em um e 56 km/h em outro, acaba em empate.

Assim, o placar reflete os pontos fortes dos dois aparelhos. No entanto, em que pese o fato do Karma oferecer qualidade de vídeo superior, o Phantom é uma escolha melhor por enquanto, pois está disponível no mercado nacional, com recursos profissionais e também gravação de vídeos em 4K, enquanto o Karma só deve chegar ao Brasil em 2017.

 

 

FONTE TECHTUDO

Share

Um comentário em “Karma ou Phantom 3? Veja se drone da GoPro é melhor que modelo da DJI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *