FAT SHARK, lança um Kit Drone Racing Fat Shark 101

FAT SHARK 101

Você obtém a sensação de corrida com a visão de primeira pessoa mas em um pacote feito sob medida para novos pilotos.
Um drone de corrida é tipicamente o último lugar que você quer começar se você estiver aprendendo a pilotar um quadcopter.

Os drones de câmera como o DJI Mavic podem ser capazes de voar rápido, mas eles são carregados com sensores e GPS para mantê-los estáveis ​​no ar, evitar falhas e permitir que eles decolam e pousem por conta própria ou retornem automaticamente para você se você entrar em uma situação pegajosa. (Você pode até encontrar alguns modelos de brinquedos com essas capacidades.) Você não encontrará tais recursos na maioria dos drones de corrida porque eles são construídos para velocidade e agilidade para que você esteja principalmente voando manualmente. Isso é bom se você souber o que está fazendo, pra isso você tem que treinar bem senão já sabe !.

Para se montar um kit completo hoje em dia principalmente no Brasil você tem que ter o minimo de conhecimento de componentes e pilotagem. Se você vai começar um modelo ready-to-fly (RTF– PRONTO PRA VOAR), ou tem habilidades de soldagem para DIY (Faça você mesmo), você está falando centenas de dólares. Adicione o custo de um controlador ( transmissor) e óculos FPV para voar pela visão de primeira pessoa (FPV) e você pode quebrar antes do primeiro vôo (e acidente inevitável).

Tudo isso é dizer que o Fat Shark, o principal fabricante de óculos FPV para corridas de drones, montou um kit assassino com tudo o que você precisa para aprender a pilotar um drone de corrida sem dor de cabeça, frustração ou custos que acabei de mencionar. Além disso, dá-lhe espaço para atualizar.

Por US $ 250 (aproximadamente R$ 820), você obtém um drone da FAT SHARK-  RTF mini, controlador e óculos Fat Shark FPV de 5.8GHz. Tudo está configurado para trabalhar juntos fora da caixa, mas tudo foi simplificado. O controlador, por exemplo, é essencial para apenas dois comutadores: um para armar os motores e o outro para alternar entre os modos de vôo.

Ainda não há GPS (você realmente terá que aprender a manter essa coisa no ar), mas existem modos iniciantes, intermediários e pro que lhe proporcionam mais controle de pilotagem à medida que suas habilidades melhoram. O iniciante dá-lhe alguma ajuda de nivelamento de altitude e de nivelamento enquanto lança o dedo para pro remove todos os limites.

O fone de ouvido e o controlador têm uma autonomia de cerca de 100 pés (30 metros), oferecendo muito espaço para voar e quando sua bateria começa a acabar (como todos os drones de corrida, as baterias apenas duram uma questão de minutos), a imagem colorida do A câmera muda para preto e branco para que você saiba que é hora de pousar.

Esse kit oferece um kit completo para quem não quer ter trabalho ou se preocupar inicialmente em cada componente focando apenas apenas em aprender a pilotar.

Junto com o drone, rádio e óculos FPV você obtém:

* Duas baterias e um carregador USB
* Dois motores sobressalentes e quatro hélices sobressalentes
* Guia rápido
* Dois portões e portões
* Lenço de lente
* Rádio cabo USB para simuladores de vôo

O Fat Shark  também lhe concederá acesso gratuito ao simulador Drone Racing League, que é de US $ 20 no Steam (cerca de R$ 78 convertidos). Basta conectar o controlador a um computador com o cabo USB incluído e começar a treinar. O Fat Shark também terá seu próprio simulador, além de uma série de vídeos de treino.

 


 

 

 

 

Gostou do artigo ?

Visite www.mercadrone.com.br

www.facebook.com/groups/portalmercadrone

 

 

FONTE: CNET.com

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *