Qual é o investimento inicial no mercado de Mapeamento Aéreo com Drones?

Qual é o investimento inicial no mercado de Mapeamento Aéreo com Drones?

Essa é uma das perguntas que mais ouvimos por aqui. Se você quer entrar para esse mercado e também não sabe quanto precisa reservar financeiramente, essa matéria é para você!
Com o mercado dos Drones crescendo exponencialmente muitas oportunidades estão surgindo, devido a isto, muitas pessoas querem entrar no mercado e essa é uma dúvida muito frequente aqui na DronEng.

Na verdade não há uma receita pronta, porém, existem alguns fatores que devem ser analisados e são estes que irei abordar nesta matéria.

Existem diversos segmentos dentro do mercado dos drones: nesta matéria vou abordar sobre o segmento de prestação de serviços, ou seja, empresas que irão executar projetos de mapeamento aéreo com drones. Primeiramente serão citados os investimentos básicos necessários e posteriormente vou abordar sobre o que levar em consideração no momento da escolha.

batmap-phantom-1024x263
Você terá que comprar ou alugar uma aeronave, porém, a segunda opção só faz sentido caso você já tenha experiência com mapeamento aéreo com drones. Neste caso você conhece as etapas de um projeto aerofotogramétrico e não terá que passar pela curva de aprendizado “tempo necessário até você ter competência técnica e segurança para gerar produtos cartográficos de qualidade”.

Ao comprar uma aeronave, a principal decisão é quanto o modelo, se será um multirotor ou asa fixa. A primeira análise que você tem que fazer é o tamanho médio das áreas que você irá mapear. É muito importante dimensionar a aeronave certa para o seu negócio, pois um drone subdimensionado aumenta a dificuldade do projeto, aumenta o custo da logística e o tempo de entrega dos projetos. No mercado, a rapidez na entrega dos resultados é um dos principais pontos analisados.

De forma análoga se você possui uma aeronave superdimensionada para a sua realidade você corre o risco de ter prejuízos, pois, seu investimento inicial foi alto e áreas menores não darão o retorno necessário para a saúde da sua empresa. Para ajudar nesta decisão nós fizemos um case aqui na DronEng, onde comparamos a produtividade do BATMAP I e do DJI Phantom 4 em uma área de 600 hectares, se você ainda não baixou gratuitamente o nosso ebook, acesse este link: http://conteudo.droneng.com.br/e-book-asa-fixa-x-multirotor

Um multirotor como o DJI Phantom 4 ou 4 PRO é indicado para áreas de até 500 ha como avaliamos no case citado, a partir disso já é recomendado um asa fixa com alta autonomia como o BATMAP I que possui 1 hora e meia de autonomia ou o BATMAP II que são 2 horas e meia, por exemplo. O Phantom é indicado para o mercado de arquitetura, topografia de pequenas áreas, obras pequenas de construção civil, agricultura familiar, ou até mesmo para pesquisas e validações em áreas pontuais.

No caso de demandas maiores, como a agricultura de precisão em grandes áreas, obras de rodovias, ferrovias, análises ambientais, mineração, linhas de transmissão entre outros, é indicado um asa fixa. Esse modelo é o mais recomendado para escalar o seu negócio.

Quanto ao investimento, um DJI Phantom 4 PRO combo, onde vem duas baterias extras, vai sair em torno de R$11.000 a R$11.500 reais. É importante ressaltar que aqui não estou levando em consideração você comprar no Paraguai, por exemplo, estou analisando você comprando como Pessoa Jurídica de forma legalizada. Já um asa fixa como o BATMAP na versão 1, com 1,5 hora de meia de autonomia de câmera de 24,3 megapixel custa R$61.000. A versão 2 com duas horas e meia e paraquedas para pouso custa R$72.800.

photoscan-pix4d-1024x456

Hoje existem diversos softwares de processamento no mercado, mas os mais usados e validados é o Agisoft PhotoScan Professional (russo) e o Pix4D Mapper (suíço).

Nós já testamos os dois e o que apresenta melhor relação custo x benefício é o Agisoft, porém, se seu objetivo é trabalhar com câmeras multiespectrais é recomendado o Pix4D, pois ele é do mesmo grupo das principais câmeras do mercado, a Micasense RedEdge e Perrot Sequoia. Sendo assim, possui funções específicas como a calibração radiométrica.

Em relação aos valores, a versão completa e permanente do Agisoft custa $ 3.500,00 dólares algo em torno de R$ 14.000,00 a R$ 16.000,00 no Brasil. O Pix4D custa R$ 8.700,00 dólares e aqui você encontra entre R$ 30.000,00 a R$ 35.000,00.

computador

 

Já em relação ao computador, como o processamento de imagens exige muito do PC, quanto melhor for a sua máquina, mais rápido será o processamento. Os principais componentes que você tem que se atentar é o processador e a placa de vídeo, todo o conjunto de hardwares tem que ser levado em consideração, porém, no processamento de imagens estes são dois hardwares mais exigidos. Portanto, dê uma atenção maior nesses itens.

Um computador bacana que sempre recomendamos aos nossos clientes que estão entrando no mercado, é um i7 sétima geração, placa mãe compatível, 32 GB de ram, placa de vídeo Geforce GTX 1080 ou 1080 ti, SSD de pelo menos 240 GB para o sistema operacional, 3 TB de armazenamento e um water cooler para refrigeração. Este computador vai custar algo em torno de 12 a 15 mil reais.

investimento

 

Este é o investimento básico para a executar um projeto, aqui não entrei no mérito da parte burocrática do negócio, portanto, se o seu mercado exige um multirotor, considerando os valores mínimos, você vai investir algo em torno de R$ 37.000,00, agora se o seu mercado exige um asa fixa você vai ter que investir algo em torno de R$ 87.000,00.

Vale ressaltar que esse investimento é para atuar no mercado de engenharia onde os projetos possuem um alto valor agregado retornando este investimento inicial. Além disso, para manter-se no mercado e obter retorno é imprescindível gerar produtos de qualidade. Hoje no Brasil o mercado está passando por um processo de amadurecimento onde somente os profissionais permanecerão no mercado.

E você, o que achou da matéria? Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe seu comentário abaixo.

Independente da forma como você começar a investir, a capacitação é sempre o passo inicial. Conheça os cursos online que irão te ajudar a entender melhor os conceitos de Mapeamento Aéreo com Drones e sua aplicação:

CALL_CURSOS_ONLINE-1-1024x373

 

Fonte: https://cursos.droneng.com.br

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *